0

Programa Maceió Viva Cultura A FMAC apresenta mais um projeto do Programa Maceió Viva Cultura, desta vez o segmento contemplado é a Dança de Rua, que terá sua primeira realização no dia 20 de novembro com o espetáculo de dança: Recursos Humanos, no bairro do Jacintinho (feirinha), às 15h.


O Projeto Viva Dança de Rua destina-se a apresentações quinzenais de dança de rua, com grupos significativos da cidade de Maceió e alunos do curso de dança da Ufal e tem a finalidade de descentralizar a cultura artística de expressões corporais, dando mais visibilidade e valorização à arte local, buscando um aquecimento do segmento, e beneficiando comunidades com pouco acesso à cultura.


Além de buscar mobilizar, através da arte da dança, a difusão artístico-cultural local de qualidade, o Viva Dança de Rua pretende proporcionar as comunidades dos bairros de Maceió, a possibilidade de que, a partir dessas apresentações, surjam referências para formação de novos grupos e criação de um movimento artístico-cultural em Maceió.


Recursos Humanos, da Cia. Ltda., Coordenação de Jorge Schutz e realizado sob os auspícios da TRAJES, COMÉDIA & CIA ? Cia de Teatro, é um projeto de dança contemporânea, que procura exatamente qual é o lugar da dança no mundo atual.


Atualmente, o grupo investe numa pesquisa junto às danças rituais da tradição popular (cultos africanos e índios) de alagoas a fim de apreender dessa relação milenar que a dança tem com o espírito novas motivações para nossa prática artística.




SERVIÇO:
Projeto Viva Dança de Rua da Fundação Cultural Municipal
Espetáculo de dança Recursos Humanos
Dia 20 de novembro
No bairro do Jacintinho (feirinha)
Às 15h.
Gratuito

Postar um comentário Blogger

Às vezes alguns dos servidores do RapidShare podem ficar fora do ar ou em manutenção, basta fazer download em outro horário ou tentar outros servidores. Para saber se o link esta quebrado Clique Aqui.

Para postar um comentário escolha a Opção Conta Google ou Nome/URL, logo coloque seu Nome e cole o Url acima ou um de sua preferência.
Comentários ANÔNIMOS não serão levados em consideração.

 
Top