0

Hip Hop e dança de rua na abertura do 27ª Festival de Dança de JoinvilleGrupo paulista Discípulos do Ritmo e os franceses do S'poart encantaram a plateia.


Troque as sapatilhas pelo tênis. As malhas justas por camisetas e calças largas. O gel do cabelo pelo boné ou pela bandana. Junte todos os ingredientes e leve a uma platéia sedenta por um espetáculo de qualidade.

Assim foi a estreia da 27ª edição do Festival de Dança, a noite em que o hip hop emocionou e surpreendeu o público do Centreventos Cau Hansen. Os olhos da plateia não esconderam o impacto de uma estreia diferente.

Nesta quarta-feira o dia foi de hip hop francês, executado por seis bailarinos dispostos a inovar, e de hip hop nacional, comandado por um grupo paulista cheio de talento e bom humor.

Os paulistas do grupo Discípulos do Ritmo foram os primeiros a subir ao palco. Com elasticidade, graça e carisma, eles mostraram toda a força do ritmo no espetáculo "Geometronomics".

Já a companhia francesa S'poart cumpriu a missão de levar reflexão ao público. Quem esperava grandes acrobacias, daquelas de levar o público ao delírio, ficou espantado com uma performance oscilando entre o leve e o intenso, embalada por um som suave composto pelo músico Julien Camarena.

No cenário, objetos que serviam quase como obstáculos à movimentação dos bailarinos. O espetáculo "In Vivo" mesclou o contemporâneo à força, à agilidade e à rapidez exigidas pelo hip hop.

O Festival segue, nesta quinta-feira, com a primeira atração da mostra competitiva: o balé clássico de repertório e a dança contemporânea.

Postar um comentário Blogger

Às vezes alguns dos servidores do RapidShare podem ficar fora do ar ou em manutenção, basta fazer download em outro horário ou tentar outros servidores. Para saber se o link esta quebrado Clique Aqui.

Para postar um comentário escolha a Opção Conta Google ou Nome/URL, logo coloque seu Nome e cole o Url acima ou um de sua preferência.
Comentários ANÔNIMOS não serão levados em consideração.

 
Top